Bula do Gaballon (Antifadiga)

GaballonBula do Gaballon®:
Ácido gama-aminobutírico, cloridrato de lisina, cloridrato de tiamina, cloridrato de piridoxina e
pantotenato de cálcio

Uso adulto e pediátrico

 

Formas farmacêuticas e apresentações – Comprimido: Embalagem contendo 20 comprimidos. Xarope:
Embalagem contendo frasco com 100 ml.

 

Composição – Cada comprimido contém: Ácido gama-aminobutírico 50 mg; Monocloridrato de L-lisina 50
mg; Cloridrato de tiamina (vit. B1) 2 mg; Cloridrato de piridoxina (vit. B6) 4 mg; Pantotenato de cálcio 4 mg;
Excipiente (amido, fosfato de cálcio, polivinilpirrolidona, estearato de magnésio, metilparabeno, aerosil e
sacarina) q.s.p. 1 comprimido. Cada ml de xarope contém: Ácido gama-aminobutírico 10 mg; Monocloridrato
de L-lisina 10 mg; Cloridrato de tiamina (vit. B1) 0,4 mg; Cloridrato de piridoxina (vit. B6) 0,8 mg;
Pantotenato de cálcio 0,8 mg; Veículo (sacarina, metilparabeno, propilparabeno, corante caramelo, essência
de framboesa, sacarose e água) q.s.p. 1 ml.

 

Informações ao paciente – GABALLON® destina-se ao tratamento do desgaste físico e mental e da
diminuição do apetite decorrente da deficiência vitamínica.

 

GABALLON® deve ser guardado na sua embalagem original, ao abrigo do calor excessivo, umidade e luz solar direta. Nestas condições, este
medicamento possui prazo de validade a partir da data de fabricação (ver embalagem externa). Este, como
qualquer outro produto, não deve ser usado após vencido o prazo de validade ou caso suas características
físicas estejam alteradas. Ao comprar um medicamento, verifique se a embalagem está íntegra.

 

GABALLON®, assim como qualquer outro medicamento, não deve ser utilizado durante a gravidez e
amamentação, a não ser sob estrita orientação médica. Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez ou
se está amamentando na vigência do tratamento ou após o seu término. Para que o tratamento com
GABALLON® forneça os resultados esperados, siga a orientação do seu médico, respeitando sempre o
modo de usar, os horários, as doses e a duração do tratamento.

 

Não interrompa o tratamento, sem o conhecimento do seu médico.

 

Não desaparecendo os sintomas, retorne ao seu médico.

Informe ao seu médico o aparecimento de reações desagradáveis. Pacientes que sofram da doença de Parkinson e que
necessitem de medicamentos contendo na sua composição a vitamina B6, somente poderão utilizar este
produto sob estrita orientação médica.

 

Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.

 

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

 

Não tome remédio sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.
Informações técnicas – O ácido gama-aminobutírico, um aminoácido de baixo peso molecular, atua como
neurotransmissor inibitório em diferentes vias do sistema nervoso central (SNC). Seu efeito nootrópico é
observado devido à sua ação sobre os denominados canais de cloro, localizados na membrana sináptica,
causando hiperpolarização neuronal, reduzindo, portanto, tanto a hiperexcitabilidade como também, a ação
dos neurônios inibitórios. Promove, desta forma, um equilíbrio entre excitação/inibição neuronal. Alguns
estudos referem, ainda, a propriedade do ácido gama-aminobutírico de estimular a hexoquinase,
favorecendo um aumento do metabolismo glicídico cerebral. O monocloridrato de L-lisina representa um
aminoácido essencial, importante como fonte de nitrogênio para a síntese proteica. O cloridrato de tiamina
(vitamina B1), além da ação como co-fator no metabolismo glicídico, tem importante papel na
neurotransmissão, ligando-se a receptores colinérgicos nicotínicos. Daí a sua indicação na prevenção dealguns distúrbios neuromusculares e cardiovasculares. O cloridrato de piridoxina (vitamina B6 ou fosfato de
piridoxal) interfere, como co-fator, no metabolismo dos aminoácidos. Atua na síntese proteica e também
desempenha importante ação sobre o SNC, uma vez que está envolvido na síntese da bainha de mielina e
na síntese do ácido gama-aminobutírico, restabelecendo os seus níveis e, conseqüentemente, reduzindo
alguns distúrbios da psicomotricidade. O pantotenato de cálcio, substância derivada do ácido pantotênico,
quando convertido em coenzima A, é essencial no metabolismo de carboidratos, proteínas, hormônios
esteróides e porfirina da hemoglobina. Atua, também, na prevenção de determinados distúrbios
neuromusculares.

 

Indicações – GABALLON® está indicado no tratamento da estafa físico-mental e como antianorético.

 

Contraindicações – GABALLON® está contraindicado em pacientes com hipersensibilidade aos
componentes da fórmula.

 

Precauções e advertências – Durante a gravidez, lactação e nos pacientes portadores da doença de
Parkinson, o produto deve ser utilizado sob estrita orientação médica. Como qualquer outro medicamento,
não se recomenda a sua utilização no primeiro trimestre da gravidez. Atenção: Este medicamento, na
apresentação xarope, contém açúcar, portanto, deve ser usado com cautela em portadores de diabetes.

 

Interações medicamentosas – Pacientes portadores da doença de Parkinson, que utilizam levodopa pura,
devem evitar utilizar medicamentos que contenham vitamina B6.

 

Reações adversas – Raramente, em pacientes hipersensíveis, podem ocorrer reações alérgicas.

 

Posologia e modo de usar – Comprimido: Adultos: Dois comprimidos, duas a quatro vezes ao dia, a critério
médico. Xarope: Adultos: 10 ml (uma colher das de sobremesa), duas a quatro vezes ao dia, a critério
médico. Crianças até 10 anos: 5 ml (uma colher das de chá), uma a quatro vezes ao dia, a critério médico.

 

Superdosagem – Até o momento, não existem relatos de casos de superdosagem.
Pacientes idosos – Não há advertências ou recomendações especiais, sobre o uso do produto em pacientes
idosos.
Venda Sob Prescrição Médica.

 

Serviço de Atendimento ao Consumidor: 0800-2829911 e (9-021-21) 3393-4266.
Registro no M.S. 1.0014.0024.
Química e Farmacêutica NIKKHO do Brasil Ltda.