Bula do Nitrato de Miconazol (Antifúngico)

Nitrato-de-MiconazolBula do nitrato de miconazol:

FORMA FARMACÊUTICA, VIA DE ADMINISTRAÇÃO E APRESENTAÇÕES
Creme Dermatológico. Uso tópico. Embalagem contendo 1 bisnaga com 10g, 20g, 28g ou 30g.
USO ADULTO E PEDIÁTRICO

 

COMPOSIÇÃO:
Cada g de creme dermatológico contém:
nitrato de miconazol ……………………………………………………………………………………………………………………….20 mg
excipiente* q.s.p. ………………………………………………………………………………………………………………………………..1 g
*cera auto emulsionante não-iônica, oleato de decila, propilenoglicol, petrolato líquido, ácido benzóico,
butilidroxitolueno, simeticona, essência de lavanda, água purificada.

 

INFORMAÇÕES AO PACIENTE
Ação esperada do medicamento
O nitrato de miconazol é utilizado para tratamento de diversas micoses superficiais.

 

Cuidados de conservação
Manter a bisnaga tampada, à temperatura ambiente (15˚C a 30˚C). Proteger da luz e manter em lugar seco.

 

Prazo de validade
O número do lote e as datas de fabricação e validade deste medicamento estão carimbados na embalagem do
produto. Não use medicamentos com o prazo de validade vencido.

 

Gravidez e lactação
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.
Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe ao
médico se está amamentando.

 

Cuidados de administração
A aplicação do produto deve ser feita após lavagem e secagem do local. Aplique a quantidade recomendada de
nitrato de miconazol diretamente sobre a região atingida. Ao aplicar nitrato de miconazol, espalhe-o por uma
região um pouco maior do que a afetada. Se a área atingida não forem as mãos, lave-as cuidadosamente após
a aplicação. É recomendável a troca freqüente das roupas que ficam em contato com a área infectada, a fim de
evitar a reinfecção. O nitrato de miconazol não mancha a pele e nem a roupa. Siga a orientação do seu médico,
respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.
Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

 

Reações adversas
Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis. O nitrato de miconazol é geralmente bem
tolerado. Existem relatos isolados de irritação ou de sensação de queimação associados à utilização de
miconazol. Em tais casos, geralmente é suficiente interromper algumas aplicações. Ardor e vermelhidão no local
da aplicação podem indicar uma sensibilidade exacerbada (alergia). Neste caso, você deve interromper o
tratamento e consultar seu médico.

 

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

 

Contra-indicações e precauções
O nitrato de miconazol não deve ser usado por pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula.
O nitrato de miconazol não deve ser utilizado na região dos olhos.
Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.

 

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.

 

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Características
O miconazol tem atividade antifúngica contra dermatófilos, leveduras e outros fungos. O miconazol inibe a
biossíntese do ergosterol no fungo e altera a composição de outros componentes lipídicos da membrana,
ocasionando necrose da célula fúngica. Geralmente, o miconazol age rapidamente no prurido (coceira), sintoma
que freqüentemente acompanha as infecções por dermatófilos e leveduras. Esta melhora sintomática pode ser
observada antes que os primeiros sinais de cicatrização sejam percebidos. O miconazol age no odor
desagradável provocado pelas micoses superficiais. O miconazol não produz níveis sangüíneos detectáveis
quando aplicado de forma tópica.

 

Indicações
No tratamento de Tinea pedis (pé de atleta), Tinea cruris, Tinea corporis e onicomicoses causadas pelo
Trychophyton, Epidermophyton e Microsporum; candidíase cutânea, Tinea versicolor e cromofitose.

 

Contra-indicações
Hipersensibilidade ao miconazol e aos componentes da fórmula.

 

Precauções e advertências
Gerais: se ocorrer alguma reação sugerindo hipersensibilidade ou irritação, o tratamento deve ser interrompido.
O nitrato de miconazol é destinado ao uso externo, devendo ser utilizado com cuidado nas regiões periorbitais,
evitando seu contato com os olhos.
Medidas de higiene devem ser adotadas para controlar fontes de infecção ou reinfecção.

 

Gravidez e amamentação: este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação
médica ou do cirurgião dentista. Não existem relatos de problemas específicos relacionados a mulheres grávidas
ou lactantes. O nitrato de miconazol destina-se ao uso tópico e não é absorvido sistemicamente, podendo ser
utilizado durante a gravidez e lactação.

 

Pediatria: não foram relatados, até o momento, problemas específicos do uso de nitrato de miconazol por
crianças.

 

Interações medicamentosas
Não são conhecidas interações do nitrato de miconazol com outras substâncias, quando usados
concomitantemente.

 

Interferência em exames laboratoriais

Como o nitrato de miconazol é muito pouco absorvido, este não interfere em exames laboratoriais.

 

Reações adversas/ colaterais
O nitrato de miconazol é geralmente bem tolerado. Existem relatos isolados de irritação ou sensação de
queimação associados com a utilização de miconazol. Como corre com todas as substâncias de uso cutâneo,
pode ocorrer uma reação alérgica ao miconazol ou a qualquer um dos componentes da fórmula.

 

Posologia
A aplicação do produto deve ser feita após lavagem e secagem do local. Aplique a quantidade recomendada
diretamente sobre a região atingida. Ao aplicar o nitrato de miconazol, espalhe-o por uma região um pouco maior
do que a afetada. Se a área atingida não forem as mãos, lave-as cuidadosamente após a aplicação. É
recomendável a troca freqüente das roupas que ficam em contato com a área infectada, a fim de evitar a
reinfecção. O nitrato de miconzol não mancha a pele e nem a roupa.
Em dermatofitoses e em infecções por Cândida, aplicar quantidade suficiente do produto para cobrir a área
afetada, duas vezes ao dia (pela manhã e à noite).

 

Superdosagem
O uso excessivo pode ocasionar irritação da pele, que desaparece com a descontinuação do tratamento. Em caso
de ingestão acidental pode ser utilizado um método de esvaziamento gástrico, a critério médico.

 

Pacientes idosos
Não há relatos de problemas específicos relacionados à idade.

 

SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR. NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA.

 

Registro M.S. nº 1.0235.0827
Farm. Resp.: Dra. Cláudia do Reis Tassinari
CRF-SP nº 15.346
EMS S/A
Rua Comendador Carlo Mário Gardano, 450
CEP: 09720-470
São Bernardo do Campo – SP
CNPJ: 57.507.378/0001-01
Indústria Brasileira
Fabricado por:
EMS S/A.
Rodovia SP 101, Km 08
CEP: 13.186-901
Hortolândia – SP
“Lote, Fabricação e Validade: vide cartucho”