Bula do Massageol (Anti inflamatório)

MassageolBula do Massageol:

cânfora essência de terebentina mentol salicilato de metila

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES

Pomada:

Bisnaga com 15 g, 20 g ou 30 g.

Aerossol:

Embalagem contendo tubo com 120 mL.

USO ADULTO E PEDIÁTRICO(CRIANÇAS ACIMA DE 2 ANOS)

COMPOSIÇÕES

Cada grama da pomada contém:

cânfora …………………………………………………………………………………………………………………………………….0,03 g

essência de terebentina……………………………………………………………………………………………………………0,05 mL mentol…………………………………………………………………………………………………………………………………….0,005 g

salicilato de metila……………………………………………………………………………………………………………………0,02 mL

excipientes q.s.p……………………………………………………………………………………………………………………………. 1g o

(clorofila cupro, parafina, parafina branca, vaselina líquida, vaselina branca sólida, álcool etílico 96 GL e mentol).

Cada tubo do aerossol contém: cânfora………………………………………………………………………………………………………………………………………….4 g

essência de terebentina………………………………………….. ………………………………………………………………….10mL mentol…………………………………………………………………………………………………………………………………………..1g

salicilato de metila……………………………………………………………………………………………………………………….4mL

veículos q.s.p………………………………………………………… ……………………………………………………………….120 mL

o (essência de mostarda, essência de alfazema, álcool etílico 96 GL e propelente isobutano).

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

– O Massageol possui ação revulsivante, rubefaciente, analgésica e anestésica a nível local, promovendo pronto alívio dos fenômenos dolorosos. o o – Conservar na embalagem original, em temperatura ambiente (15 a 30 C). Proteger da luz e umidade.

– Prazo de validade: VIDE CARTUCHO. Não use medicamento com o prazo de validade vencido, pois poderá ocorrer diminuição significativa do seu efeito terapêutico.

– ‘‘Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término”. “Informe se está amamentando”.

– ‘‘Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento”.

– “Não interromper o tratamento sem o conhecimento de seu médico”.

– ‘‘Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis. Raramente, podem ocorrer dermatite de contato, erupções cutâneas e urticária”.

-‘‘TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS’’.

– O uso de Massageol é contra-indicado em crianças menores de 2 anos e naqueles com hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula.

– Não aplique Massageol sobre ferimentos, dermatoses, varizes ou nas mucosas nasal, oral e ocular (sua ingestão oral pode causar envenenamento, principalmente em crianças).

– ‘‘Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando antes do início ou durante o tratamento”.

– ‘‘NÃO USE MEDICAMENTO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE’’.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Os revulsivos aplicados sobre a pele possuem ação irritante local, que tem por conseqüência a produção de efeitos indiretos de dois tipos: uma ação à distância sobre estruturas profundas e uma estimulação reflexa dos centros bulbares. A aplicação de um revulsivo na pele é seguida de rubefação e hiperemia, com um rápido alívio da dor nas estruturas subjacentes (muito provavelmente pela vasodilatação causada e o conseqüentemente aumento da circulação).

O salicilato de metila é um revulsivo orgânico volátil que age produzindo irritação local, com efeitos indiretos de atividade à distância sobre estruturas somáticas, como: músculos, serosas, articulações e vísceras, além da estimulação reflexa dos centros bulbares. Provoca analgesia e hiperemia nas regiôes cutâneas em que é aplicado, quando inervadas pelo mesmo segmento do Sistema Nervoso Central (SNC). A ação da essência de terebentina deve-se ao seu efeito rubefaciente, decorrente dos inúmeros terpenos existentes na sua composição (alfa e beta pirenos), produzindo dilatação local e aliviando a dor das estruturas profundas. A cânfora possui ação irritante cutânea, revulsiva, últil nos processos dolorosos de estruturas profundas, como: fibrosite, mialgia e lumbago. Produz, ainda, anestesia local. O mentol (álcool terpênico obtido da essência de várias espécies do gênero Mentha e também por síntese), quando aplicado localmente causa uma sensação de frio por estímulo de receptores específicos, provocando, em seguida, anestesia discreta.

INDICAÇÕES

No tratamento local de manifestações reumáticas (lumbago, artrite, bursite), além de dores musculares, nevralgias, torcicolos e contusões.

CONTRA-INDICAÇÕES

O MASSAGEOL É CONTRA-INDICADO EM CRIANÇAS MENORES DE 2 ANOS, PACIENTES COM HIPERSENSIBILIDADE A QUALQUER UM DOS COMPONENTES DA FÓRMULA OU COM HISTÓRIA ANTERIOR DE CONVULSÕES. TAMBÉM É CONTRA-INDICADA A APLICAÇÃO NAS MUCOSAS, DERMATOSES, VARIZES E FERIMENTOS.

PRECAUÇÕES

O uso do produto é exclusivamente tópico e sobre pele íntegra, não devendo ser aplicado em pele com lesões. Deve ser usado com cautela em crianças, pois o salicilato de metila é considerado um veneno pediátrico em pequenas doses orais.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS/ALTERAÇÕES EM EXAMES CLÍNICOS LABORATORIAIS

Não existem relatos até o momento.

REAÇÕES ADVERSAS

Embora com incidência baixa, foram relatadas a ocorrência de dermatite de contato, erupções cutâneas e urticária.

POSOLOGIA

Aplicar pequena quantidade do produto na região afetada, acompanhado de massagem prolongada e cobertura oclusiva com um pano de flanela ou lã, 1 a 2 vezes ao dia.

SUPERDOSE Apesar do nível de absorção sistêmica ser baixo, medidas de suporte devem ser tomadas a critério médico. Em caso de ingestão acidental de grande quantidade do produto, podem ocorrer convulsões (em pacientes predispostos). Nestes casos, deve-se efetuar lavagem gástrica.

PACIENTES IDOSOS O uso em pacientes idosos (acima de 60 anos) requer prescrição e acompanhamento médico. Registro M.S. nº 1.0465.0009 Farm. Resp.: Drª Adriana da Silva Leite – CRF-GO nº 2510 Nº do lote, data de fabricação e prazo de validade: VIDE CARTUCHO