Bula do Gynomax (Antifúngico)

GynomaxBula do GYNOMAX:

Tioconazol/Tinidazol

 

– Composição

Cada 5 g de GYNOMAX Creme vaginal contêm 100 mg de tioconazol e 150 mg de tinidazol.

 

– Indicações

GYNOMAX (tioconazol/tinidazol) é indicado no tratamento de vulvovaginites causadas por Candida, Trichomonas e Gardnerella isoladas ou mistas.

 

– Contra-indicações

O uso do produto é contra-indicado em mulheres com hipersensibilidade a agentes antimicrobianos imidazólicos, ou a quaisquer dos componentes da sua fórmula. O tinidazol atravessa a barreira placentária e está presente no leite materno quando administrado a mulheres em fase de amamentação; conseqüentemente, GYNOMAX (tioconazol/tinidazol) não deve ser usado no primeiro trimestre da gravidez e em lactantes durante o período neonatal.

 

– Reações adversas

GYNOMAX (tioconazol/tinidazol) é bem tolerado no local da aplicação. Os efeitos adversos mais comuns são reações alérgicas e sensação de queimação locais. Com menos freqüência podem ser observados queimação urinária, edema dos membros inferiores e irritação local.

 

– Posologia

Aplicar o conteúdo de um aplicador cheio (5 g), uma vez à noite, ao deitar-se, durante 7 dias consecutivos; ou, como alternativa, duas vezes ao dia, durante 3 dias. GYNOMAX (tioconazol/tinidazol) deve ser aplicado profundamente na vagina, de preferência fora do período menstrual.

 

– Apresentação

Creme vaginal. Embalagem com bisnaga contendo 35 g do creme, acompanhada de 7 aplicadores descartáveis.

FARMOQUÍMICA S/A.