Bula do Fontol (Analgésico)

FontolBula do FONTOL 650:

ÁCIDO ACETILSALICÍLICO, CAFEÍNA

Analgésico e Antitérmico

 

 

Forma farmacêutica e apresentações

Comprimidos revestidos. Embalagens com 20 comprimidos e com 25 cartelas de 4 comprimidos.

USO ADULTO E PEDIÁTRICO (CRIANÇAS ACIMA DE 12 ANOS)

 

 

Composição

Cada comprimido revestido contém:

Ácido acetilsalicílico ………………………………………………………………………………….650 mg

Cafeína ………………………………………………………………………………………………………65 mg

Excipiente q.s.p. ………………………………………………………………………………1 comprimido

Excipientes: amido de milho, celulose microcristalina, óleo de mamona hidrogenado, hidroxipropilmetilcelulose, polietilenoglicol.

 

Informação ao Paciente

Ação esperada do medicamento

Fontol 650 promove alívio rápido nas dores de cabeça, enxaquecas, entorses, mialgias, nevralgias, dores de dente e reduz a febre.

Fontol 650 possui em sua formulação um analgésico (ácido acetilsalicílico) e cafeína, nas proporções ideais, permitindo obter um adequado e rápido efeito medicamentoso, utilizando menor quantidade de analgésico.

Estudos científicos comprovam que a cafeína aumenta o efeito analgésico do ácido acetilsalicílico.

Fontol 650 apresenta forma e revestimento adequados à melhor deglutição do comprimido.

 

Cuidados de armazenamento

Conserve o produto na embalagem original e ao abrigo do calor.

Prazo de validade

36 meses a partir da data de fabricação (vide cartucho). Não use medicamento com o prazo de validade vencido, pois, além de não obter o efeito desejado, você estará prejudicando sua saúde.

 

Gravidez e lactação

Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe ao médico se estiver amamentando.

 

Cuidados de administração

Os comprimidos devem ser ingeridos inteiros, sem mastigar, junto com um pouco de água, durante ou após as refeições. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Interrupção do tratamento

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

 

 

Reações adversas

Informe ao seu médico caso apareçam reações desagradáveis com o uso do produto.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

 

Ingestão concomitante com outras substâncias

Não há restrições específicas quanto à ingestão concomitante de alimentos ou bebidas.

 

Contra-indicações e precauções

Se estiver com inflamação de garganta, grave ou persistente, por mais de 3 dias, procure orientação médica. Caso os sintomas persistam por mais de 3 dias ou eventualmente, se tornem mais intensos, procure orientação médica.

O produto não deve ser usado por pacientes com hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula, nos 3 primeiros meses da gravidez e em casos de úlceras, estados hemorrágicos, problemas cardíacos graves e hipertensão.

Crianças e adolescentes não devem utilizar este produto para varicela ou infecções causadas pelo vírus da gripe (influenza) antes de consultar o médico. Da mesma forma, pacientes com problemas gastrointestinais ativos, função renal ou hepática comprometida, problemas de coagulação sangüínea ou infarto recente do miocárdio, não deverão utilizar o produto antes de consultar um médico. Os pacientes idosos devem utilizar doses menores porque são mais susceptíveis às reações adversas.

Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.

 

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE.

 

Informações Técnicas

Características

Fontol 650 é uma associação de ácido acetilsalicílico e cafeína.

O ácido acetilsalicílico é um analgésico, de reconhecida eficácia no alívio de dores menores a moderadas, e antitérmico.

É indicado nas dores associadas com dores de cabeça, dores de dente, no alívio sintomático de mialgias, tenossinovites não específicas e nevralgias.

O ácido acetilsalicílico pode exercer seu efeito analgésico através de ação periférica, por bloqueio do impulso da dor, e por ação central, possivelmente no hipotálamo. A ação periférica pode ser predominante e envolve a inibição da síntese de prostaglandinas e possivelmente inibição de outras substâncias, as quais sensibilizam os receptores da dor a estímulos mecânicos ou químicos.

O efeito antitérmico pode ser produzido por ação no centro termorregulador hipotalâmico, para produzir vasodilatação periférica e aumento do fluxo sangüíneo cutâneo, suor e perda de calor.

A cafeína, um estimulante suave do sistema nervoso central, é indutor da vasoconstrição cerebral, que diminui o fluxo sangüíneo e a tensão do oxigênio no cérebro, podendo contribuir diretamente no alívio de vários tipos de dores de cabeça. Estudos científicos comprovam, também, que a cafeína aumenta a potência analgésica do ácido acetilsalicílico.

 

Indicações

Analgésico e antitérmico.

Contra-indicações

Úlcera hemorrágica, estados hemorrágicos, hemofilia, angioedema, anafilaxia, pólipo nasal associado a asma, trombocitopenia, problemas cardíacos graves e hipertensão. Hipersensibilidade à cafeína, ácido acetilsalicílico ou outros antiinflamatórios não esteróides ou outros componentes da fórmula.

Não deve ser administrado no primeiro trimestre de gravidez e, após esse período, somente com rigoroso acompanhamento médico.

 

Precauções e advertências

Crianças e adolescentes não devem utilizar este medicamento para varicela ou infecções causadas pelo vírus da gripe (influenza) antes de terem consultado um médico sobre Síndrome de Reye, uma doença rara, porém séria, a qual foi relatada estar associada ao ácido acetilsalicílico.

Pacientes com problemas gastrointestinais ativos, função renal ou hepática comprometida, problemas de coagulação, discrasias sangüíneas, deficiência de vitamina K, terapia anticoagulante ou recente infarto do miocárdio, não deverão utilizar este medicamento antes de consultar um médico.

Os pacientes idosos devem utilizar doses menores porque são mais susceptíveis aos efeitos tóxicos.

 

Interações medicamentosas

O ácido acetilsalicílico aumenta o efeito da varfarina e outros anticoagulantes, sulfoniluréias e metotrexato. O ácido acetilsalicílico diminui o efeito dos esteróides.

 

Reações adversas

O broncospasmo induzido pelo ácido acetilsalicílico, pode ser mais freqüente em pacientes com a tríade de asma, alergia e pólipo nasal. Angiodema ou urticária. Efeitos gastrointestinais, úlcera péptica. Náuseas, vômitos, azia e dor abdominal. Raramente, pode ocorrer insônia, nervosismo ou zumbido. Perda de audição.

 

Posologia

Adultos: 1 comprimido a cada 6 horas, se necessário.

Crianças: 1 comprimido de acordo com o indicado pelo médico.

 

Superdose

Sinais e sintomas de superdose incluem zumbido, perda da audição, diminuição da visão, dor de cabeça, tontura, confusão, sonolência, náusea, vômito e diarréia.

 

O tratamento de superdose pode incluir:

Esvaziamento do estômago por emese ou lavagem gástrica.

Administração de carvão ativado.

Monitorização das funções vitais.

Correção de hipotermia, dos desequilíbrios eletrolíticos e ácido-básico.

Monitorização da concentração sérica de salicilato.

Indução de diurese alcalina para aumentar a excreção do ácido acetilsalicílico.

Monitorização do edema pulmonar. Tratamento das convulsões.

Administração de vitamina K1, em casos de hemorragia.

 

Pacientes idosos

Os pacientes idosos devem utilizar doses menores porque são mais susceptíveis às reações adversas.

SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR. NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO MÉDICA.

Registro MS – 1.2110.0043

Farmacêutico Responsável: Dr. Remaldo Sinnemann CRF-SP 8254

N.º do lote, data da fabricação e data da validade: vide cartucho.

Fabricado e distribuído por

Byk Química e Farmacêutica Ltda.

Av. Casa Grande, 850 – Diadema – SP

CNPJ 60.397.775/0003-36

Indústria Brasileira