Bula do Droxaine (Antiácido)

DroxaineBula do Droxaine:

Hidróxido de Alumínio 60mg/mL – Hidróxido de Magnésio 20mg/m – Oxetacaína 2mg/mL
Antiácido com anestésico.

 

Forma farmacêutica, vias de administração e apresentações comercializadas.
Suspensão oral. Uso oral – Frasco com 240 ml.
USO ADULTO.

 

Composição: Cada 5 ml contém: Hidróxido de alumínio (sob a forma de gel coloidal) 300 mg,
Hidróxido de magnésio 100 mg, Oxetacaína 10 mg.
Veículo q.s.p. 5 ml: ácido benzóico, água desmineralizada, álcool etílico, benzoato de sódio,
essência composta de hortelã, essência de hortelã, glicerol, hidróxido de amônio, hipoclorito de
sódio, sacarina sódica e sorbitol solução a 70%.
Volume: 240 ml.

 

Agite bem antes de usar.

 

Ação do medicamento: Ação antiácida e anestésica, promovendo rápido alívio da dor. A sua
ação inicia-se logo após a ingestão pela presença da oxetacaína.

 

Indicações do medicamento: Droxaine® é para combater a acidez estomacal, azia,
desconforto estomacal, dor de estômago, dispepsia, epigastralgia, má digestão, queimação,
pirose, esofagite péptica e distensão abdominal.

 

Riscos do medicamento: Droxaine® é contra-indicado em pacientes alérgicos a este
medicamento. Droxaine® é contra-indicado em pacientes com hipofosfatemia, com insuficiência
renal grave e com sintomas de apendicite.

 

Advertências: Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação
médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.
Não se recomenda o uso de Droxaine® durante a lactação, apesar de não ser conhecido se
Droxaine® é excretado no leite materno. “Este medicamento é contra-indicado na faixa etária
abaixo de 12 anos de idade”.

 

Pacientes idosos: Não existem restrições na administração deste produto a pacientes com
mais de 65 anos de idade. Você deve informar ao seu médico quais os outros medicamentos que
está tomando.

 

Interações medicamentosas: Alguns medicamentos devem ser ingeridos 2 horas antes ou
depois de tomar o Droxaine®, pois podem ter a sua absorção alterada, como por exemplo:
clorpromazina, dicumarol, digoxina, indometacina, isoniazida, levodopa, nitrofurantoína, sais de
ferro e tetraciclina. Não deve ser usado junto com a quinidina e nem junto com o lítio.

 

Alterações de exames laboratoriais: Pacientes cronicamente submetidos à hemodiálise, que
estejam recebendo tratamento com antiácidos por períodos prolongados devem ter os níveis
séricos monitorados em intervalos mensais ou bimestrais. Modo de uso: Tomar 1 a 2 colheres

das de chá (5 a 10 mL), 4 vezes ao dia, 15 minutos antes
do café da manhã, das refeições e ao deitar. Não exceder a dose diária máxima recomendada e
nem manter a dose máxima por mais de 14 dias, a não ser sob supervisão e orientação médica.
“Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação
médica”. “Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Antes de usar observe o
aspecto do medicamento”.

 

Reações adversas: Diarréia ou constipação (alterações intestinais) e hipersensibilidade.

 

Conduta em caso de superdose: Dirigir-se ao posto médico para realizar os procedimentos

gerais de lavagem gástrica e tratamento geral de suporte, incluindo monitorização e controle
hidroeletrolítico,que forem necessários.
Cuidado de conservação: Fechar bem o frasco depois de usá-lo e guardá-lo em temperatura
ambiente (aproximadamente 25º C). Evite congelar a suspensão.

 

“TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS”.
MS. 1.0143.0057.022-0
Farm. Resp.: Alberto R. V. Stein – CRF-RJ 3257
Laboratório Daudt Oliveira Ltda.
Rua Simões da Mota, 57 – Rio de Janeiro – RJ
CNPJ: 33.026.055/0001-20 – Indústria Brasileira