Bula do Dilacoron (Anti hipertensivo)

DilacoronBula do DILACORON®:
cloridrato de verapamil

 

I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO
DILACORON®
cloridrato de verapamil
Formas Farmacêuticas, vias de administração e apresentações:
DILACORON® (cloridrato de verapamil) comprimido revestido 80 mg:
embalagem com 30 comprimidos (Lista nº N041) – Via oral.
DILACORON® (cloridrato de verapamil) comprimido revestido retard 120
mg: embalagem com 20 comprimidos (Lista nº M087) – Via oral.
DILACORON® (cloridrato de verapamil) comprimido revestido retard 240
mg: embalagem com 30 comprimidos (Lista nº N046) – Via oral.

 

USO PEDIÁTRICO E ADULTO
Composição:
Cada comprimido revestido de DILACORON® (cloridrato de verapamil) 80
mg contém:
cloridrato de verapamil………………………………………………………………. 80 mg
Excipientes: celulose microcristalina, croscarmelose sódica, dióxido de
silício coloidal, estearato de magnésio, hidrogeno fosfato de cálcio
dihidratado, hipromelose, laurilsulfato de sódio, polietilenoglicol 6000, talco,
dióxido de titânio.
Cada comprimido revestido retard de DILACORON® (cloridrato de
verapamil) 120 mg contém:
cloridrato de verapamil…………………………………………………………….. 120 mg
Excipientes: alginato de sódio, celulose microcristalina, estearato de
magnésio, cera montan glicol, hipromelose, polietilenoglicol 400 e 6000,
povidona, talco, dióxido de titânio.
Cada comprimido revestido de DILACORON® (cloridrato de verapamil) 120
mg contém:
cloridrato de verapamil…………………………………………………………….. 120 mg
Excipientes: bifosfato de cálcio, celulose microcristalina, anidrido silícico,
croscarmelose sódica, estearato de magnésio, hipromelose, dodecilsulfato
de sódio, polietilenoglicol 6000, talco e dióxido de titânio.

Cada comprimido revestido AP de DILACORON® (cloridrato de verapamil)
120 mg contém:
cloridrato de verapamil…………………………………………………………….. 120 mg
Excipientes: alginato de sódio, povidona, celulose microcristalina, estearato
de magnésio, hipromelose, polietilenoglicol 400 e 6000, talco, dióxido de
titânio, cera montan glicol.
Cada comprimido revestido de DILACORON® (cloridrato de verapamil) 180
mg contém:
cloridrato de verapamil…………………………………………………………….. 180 mg
Excipientes: alginato de sódio, povidona, celulose microcristalina, estearato
de magnésio, hipromelose, polietilenoglicol 400 e 6000, talco, dióxido de
titânio, óxido de ferro E 172, cera montan glicol.
Cada comprimido revestido retard de DILACORON® (cloridrato de
verapamil) 240 mg contém:
cloridrato de verapamil…………………………………………………………….. 240 mg
Excipientes: alginato de sódio, celulose microcristalina, estearato de
magnésio, éster de ácido montânico, hipromelose, polietilenoglicol 400 e
6000, povidona, talco, dióxido de titânio e laca verde E 132/104.

 

II) INFORMAÇÕES AO PACIENTE
AÇÃO DO MEDICAMENTO
DILACORON® (cloridrato de verapamil) contém como substância ativa o
cloridrato de verapamil, que bloqueia o fluxo de cálcio para dentro da
célula do músculo do coração e das artérias (bloqueador do canal lento ou
antagonista de íons cálcio).
O bloqueio dos canais de cálcio do músculo das artérias melhora a
quantidade de oxigênio oferecida ao músculo do coração. Com mais
oxigênio, o músculo do coração consegue relaxar melhor e trabalhar
melhor. Esse relaxamento muscular também acontece nos músculos das
paredes dos vasos sanguíneos, onde o sangue vai poder circular mais
facilmente (diminui a resistência vascular), diminuindo, assim, a pressão
alta.
DILACORON® (cloridrato de verapamil) também atua na normalização da
frequência cardíaca.

INDICAÇÕES DO MEDICAMENTO
DILACORON® (cloridrato de verapamil) oral (comprimido para ser tomado
pela boca) está indicado em:
1. Falta de oxigênio (isquemia) para o músculo do coração: sem
dor no peito; com dor no peito (angina) após esforço; dor no peito
(angina) no repouso.

 

2. Hipertensão arterial (pressão alta) leve e moderada:
DILACORON® (cloridrato de verapamil) tem a vantagem de poder ser
usado em pacientes com pressão alta e que também tenham asma
(bronquite), diabetes, depressão, impotência sexual, doença em vasos
cerebrais, varizes, doença em coronárias, colesterol alto, acido úrico alto
e pode ser usado por idosos. Diminui a pressão nas crises de pressão
alta.

 

3. Previne as arritmias com rápido batimento cardíaco (taquicardias
supraventriculares; “flutter” ou fibrilação atrial).

 

RISCOS DO MEDICAMENTO
Contra-indicações:
DILACORON® (cloridrato de verapamil) é contra-indicado a pessoas com
hipersensibilidade ao cloridrato de verapamil ou aos outros componentes
da fórmula do medicamento.
DILACORON® (cloridrato de verapamil) é contra-indicado em casos de:
• choque cardigênico;
• infarto agudo do miocárdio com complicações;
• bloqueio AV de segundo e terceiro graus (exceto em pacientes com
marca-passo ventricular artificial em funcionamento);
• síndrome do nódulo sinusal (exceto em pacientes com marca-passo
artificial em funcionamento);
• insuficiência cardíaca congestiva;
• flutter ou fibrilação atrial associada a doenças como Wolff-
Parkinson-White.
Não há contra-indicação relativa a faixas etárias.

 

Precauções:
Usar com cautela nos seguintes casos:
• bloqueio AV de primeiro grau;
• hipotensão (pressão baixa);
• bradicardia (batimentos cardíacos lentos);
• insuficiência hepática grave.
Uso em idosos, crianças e outros grupos de risco:
Uso em idosos: as doses de DILACORON® (cloridrato de verapamil)
devem ser estudadas caso a caso pelo médico, pois pacientes idosos
apresentam uma resposta maior ao verapamil.
Uso pediátrico: deve-se ter bastante cautela ao administrar cloridrato de
verapamil a este grupo de pacientes.
Uso na gravidez: não há dados adequados do uso de cloridrato de
verapamil durante a gravidez. Portanto, só se deve usar cloridrato de
verapamil quando for absolutamente necessário. O cloridrato de verapamil
pode atravessar a placenta, podendo ser medido no cordão
umbilical.Amamentação: o cloridrato de verapamil é excretado no leite
humano. A amamentação deve ser interrompida durante a terapia com o
cloridrato do verapamil.
Não deve ser utilizado durante a gravidez e a amamentação, exceto
sob orientação médica.
Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se ocorrer gravidez ou
iniciar amamentação durante o uso deste medicamento.
Efeitos na habilidade de dirigir e usar máquinas: o cloridrato de
verapamil pode afetar a habilidade de reagir a ponto de prejudicar a
habilidade de dirigir um veículo, de operar maquinaria ou trabalhar sob
circunstâncias perigosas.
Uso em pacientes com função hepática alterada: o verapamil deve ser
usado com cuidado em pacientes com função do fígado alterada. Nestes
casos deve-se ajustar muito cuidadosamente a dose e começar com doses
menores.
Interações medicamentosas, alimentares e com testes laboratoriais:
Caso esteja usando alguma das substâncias a seguir, informe seu médico
antes de iniciar o tratamento com DILACORON®(cloridrato de verapamil).

 

Ele dará a melhor orientação sobre como proceder:
Prazosina, terazosina, flecainida, quinidina, teofilina, carbamazepina,
imipramina, gliburida, eritromicina, rifampicina, telitromicina, doxorrubicina,
fenobarbital, buspirona, midazolan, metoprolol, propanolol, digitoxina,
digoxina, cimetidina, ciclosporina, sirolimus, tacrolimus, atorvastatina,
lovastatina, sinvastatina, almotriptan, sulfinpirazona, suco de grapefruit,
erva de São João (Hypericum perforatum).
Informe seu médico quanto ao uso de antiarrítmicos, beta-bloqueadores,
anti-hipertensivos, diuréticos, vasodilatadores, agentes antivirais anti-HIV,
lítio, bloqueadores neuromusculares, ácido acetilsalicílico, álcool,
estatinas. Estas substâncias, quando utilizadas juntamente com
DILACORON®(cloridrato de verapamil), podem causar algumas alterações.
Não é recomendado o uso de DILACORON®(cloridrato de verapamil) em
combinação com colchicina.
Informe ao médico ou cirurgião-dentista o aparecimento de reações
indesejáveis.
Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo
uso de algum outro medicamento.
Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser
perigoso para a sua saúde.
A eficácia deste medicamento depende da capacidade funcional do
paciente.

 

MODO DE USO
DILACORON® (cloridrato de verapamil) comprimido revestido 80 mg:
comprimido redondo, achatado, sulcado, branco acinzentado, com
inscrição 80 mg.
DILACORON® (cloridrato de verapamil) comprimido revestido retard 120
mg: comprimido branco, redondo, achatado.
DILACORON® (cloridrato de verapamil) comprimido revestido retard 240
mg: comprimido verde claro, oblongo, face superior sulcada.

Posologia
As doses de DILACORON® (cloridrato de verapamil) devem ser estudadas
caso a caso pelo médico de acordo com a gravidade da doença, e
tomados, de preferência, com a alimentação ou logo após.
Os comprimidos devem ser engolidos com um pouco de água, sem serem
mastigados.
A experiência clínica mostra que a dose média para todas as indicações
varia de 240 mg a 360 mg por dia. A dose máxima diária não deve passar
480 mg para tratamentos longos, apesar de que uma dose maior que esta
pode ser usada para tratamentos curtos.
Não existe limite de tempo de tratamento.
DILACORON® (cloridrato de verapamil) não deve ser interrompido
subitamente para tratamentos longos, sendo recomendada uma diminuição
gradual de dose.
Em pacientes com problemas no fígado deve-se fazer um ajuste da dose,
com doses menores no início do tratamento.
Adultos e adolescentes com peso maior que 50 kg:
Falta de oxigênio no músculo do coração, taquicardias (coração acelerado)
supraventriculares, flutter e fibrilação atrial:
Formas de liberação imediata: 120 mg a 480 mg divididos em 3 ou 4 doses.
Formas de liberação retardada: 120 mg a 480 mg divididos em 1 ou 2
doses.

 

Hipertensão:
Formas de liberação imediata: 120 mg a 480 mg divididos em 3 doses.
Formas de liberação retardada: 120 mg a 480 mg divididos em 1 ou 2
doses.
Crianças (somente para distúrbios do ritmo cardíaco):

 

Formas de liberação imediata:
Até 6 anos: 80 mg a 120 mg divididos em 2 a 3 doses.
De 6 a 14 anos: 80 mg a 360 mg divididos em 2 a 4 doses.
O que devo fazer se esquecer de tomar uma dose do medicamento?
O médico deve ser avisado assim que possível, pois isso pode atrapalhar
o tratamento.
Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as
doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Antes de
usar observe o aspecto do medicamento.
Este medicamento não pode ser partido ou mastigado.

 

REAÇÕES ADVERSAS
As seguintes reações adversas foram relatadas: