Bula do Buscofem (Antiespasmódico)

BuscofemBula do BUSCOFEM:
Ibuprofeno
APRESENTAÇÕES
Cápsulas de 400 mg: embalagens com 10 e 50 cápsulas.
USO ORAL
USO ADULTO ACIMA DE 12 ANOS

 

COMPOSIÇÃO
Cada cápsula contém 400 mg de ibuprofeno.
Excipientes: macrogol, hidróxido de potássio, gelatina, anidrisorb, metilparabeno,
propilparabeno, corante amarelo.

 

1. PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?
BUSCOFEM é indicado para tratamento dos sintomas de febre e dores leves e
moderadas associadas a gripes e resfriados, dor de garganta, dor de cabeça de
leve a moderada intensidade, enxaqueca, dor de dente, dor nas costas, dores
musculares, dores articulares, dores na região pélvica (região abaixo do umbigo),
como as cólicas menstruais.

 

2. COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?
BUSCOFEM é um analgésico, medicamento usado para alívio da dor. O seu início
de ação ocorre cerca de 20 minutos após sua administração e permanece por 4 a
6 horas.

 

3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Você não deve usar BUSCOFEM se tiver alergia a qualquer componente do
produto; úlcera no intestino ou histórico de úlceras com sangramento ou
perfuração; problemas no funcionamento dos rins, fígado ou coração.
Você também não deve usar BUSCOFEM se recentemente perdeu muito líquido
devido à vômitos e diarreias ou se não está ingerindo água adequadamente ou
ainda se após tomar medicamentos contendo iodetos, ácido acetilsalicílico ou Abcd
outros anti-inflamatórios teve sinais de asma, obstrução nasal (pólipos), inchaço
dos lábios, língua e garganta ou placas elevadas na pele, com coceira.
BUSCOFEM é contraindicado para menores de 12 anos de idade.
BUSCOFEM não deve ser utilizado por mulheres grávidas nos últimos 3
meses de gravidez.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem
orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita
de gravidez.

 

4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?
Para diminuir a ocorrência de efeitos indesejáveis, use a menor dose que for
eficaz e pelo tempo mais curto que for necessário para controlar os sintomas.
Evite o uso simultâneo com outros analgésicos, inclusive com o próprio
ibuprofeno, que possam causar irritação no estômago e no intestino. Se você tem
lúpus eritematoso sistêmico ou outras doenças do colágeno, podem ocorrer
reações alérgicas.
Se você já teve problemas no aparelho digestivo, incluindo doenças inflamatórias
intestinais (como colite ulcerativa ou doença de Crohn), deve ter cautela ao usar
BUSCOFEM.
Você deve interromper o tratamento se surgirem sintomas de úlcera, como azia,
dor ou queimação no estômago ou se ocorrer sangramento do aparelho digestivo.
Tais ocorrências são em geral mais graves em pacientes idosas e tratadas com
anticoagulantes (medicamentos para “afinar” o sangue). A administração conjunta
com outros anti-inflamatórios, como o ácido acetilsalicílico, aumenta o risco de
desenvolvimento de tais reações.
Interrompa o tratamento caso apareçam reações na pele como vermelhidão,
descamação e coceira, lesões das mucosas (como a boca) ou outros sinais de
alergia. BUSCOFEM pode causar inchaço nas pernas e nos pés.
Se você tiver idade avançada, mau funcionamento dos rins e do coração
(incluindo casos graves), síndrome nefrótica (doença dos rins com perda de
proteínas pela urina), cirrose do fígado, usa diuréticos, estiver desidratado ou
passou recentemente por uma cirurgia de grande porte, terá maior probabilidade Abcd
de ter problemas nos rins, mas, ao descontinuar o tratamento, este quadro é
revertido.
O uso prolongado de analgésicos pode levar a lesão dos rins e, especialmente em
doses mais altas, causar dores de cabeça. Você só deve usar este medicamento
por tempo prolongado se o médico recomendar.
Idosos devem tomar este medicamento com cautela, pois podem ter risco
aumentado de eventos adversos.
Caso ocorra distúrbio visual com uso deste medicamento, interrompa o tratamento
e informe seu médico.

 

Fertilidade, Gravidez e Amamentação
Você não deve tomar BUSCOFEM se estiver grávida ou amamentando, a não ser
sob orientação médica.
Este medicamento passa para o leite materno em concentrações muito baixas,
sendo improvável que provoque problemas para o bebê.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem
orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita
de gravidez.

 

Interações Medicamentosas
Você não deve tomar BUSCOFEM junto com medicamentos contendo
paracetamol (presente em diversos analgésicos e antigripais), iodetos (presente
em certos xaropes para tosse) e medicamentos para tratamento de diabetes como
hipoglicemiantes orais, insulina, ácido valproico, entre outros.
Informe ao seu médico ou cirurgião dentista se você está fazendo uso de
algum outro medicamento.

 

5. ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE
MEDICAMENTO?
Mantenha em temperatura ambiente (15°C a 30°C), protegido da luz e da
umidade.
Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.Abcd
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua
embalagem original.
BUSCOFEM é uma cápsula mole, oval e de coloração laranja-amarelada,
contendo um líquido amarelado.
Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo
de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o
farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.
Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

 

6. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Não tome BUSCOFEM por mais de 7 dias. Caso precise de doses mais elevadas,
ou tomar por um período maior, você deverá consultar o médico.
As cápsulas devem ser ingeridas por via oral inteiras com um pouco de líquido.
Se ocorrer azia, queimação ou dor estomacal, tome o medicamento após
alimentação. Porém, diante desses sintomas, é melhor interromper o tratamento e
procurar orientação médica.
Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.
A dose para adultos é de 1 cápsula 3 vezes ao dia, por via oral, com intervalo
mínimo de 4 horas.
Não tome mais de 3 cápsulas ao dia.
Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este
medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os
sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

 

7. O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE
MEDICAMENTO?
BUSCOFEM se destina ao uso conforme a necessidade. Caso você deixe de usar
uma das doses, prossiga com o tratamento normalmente, sem necessidade de
repor a dose esquecida.
Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico,
ou cirurgião-dentista.

 

8. QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?Abcd
BUSCOFEM pode causar algumas reações desagradáveis. A frequência desses
eventos depende da dose administrada e da duração do tratamento.
– Reações incomuns: reações do tipo alérgica, como problemas na pele; coceira;
estreitamento das vias respiratórias; asma; leve queda de pressão; dor de cabeça;
tontura; cansaço; insônia; leve inquietação; problemas na visão; indigestão; dor
abdominal; enjoo.
– Reações raras: gases; diarreia; prisão de ventre; vômitos; úlcera das vias
digestivas.
– Reações muito raras: redução da produção de células do sangue; reações
alérgicas graves; meningite (inflamação das membranas do cérebro) sem
infecção; úlcera digestiva com sangramento (apresenta vômito ou fezes com
sangue); perfuração de úlcera; lesão do fígado; aumento na quantidade de
enzimas do fígado; reações tóxicas graves na pele, inclusive reações bolhosas;
queda de cabelos; diminuição da produção de urina; retenção de líquidos (inchaço
nas pernas); aumento de creatinina e ureia no sangue; mau funcionamento
repentino dos rins; lesão dos rins.
Atenção, este produto é um medicamento que possui nova forma
farmacêutica no país e, embora as pesquisas tenham indicado eficácia e
segurança aceitáveis, mesmo que indicado e utilizado corretamente, podem
ocorrer eventos adversos imprevisíveis ou desconhecidos. Nesse caso,
informe seu médico ou cirurgião-dentista.

 

9. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A
INDICADA DESTE MEDICAMENTO?
A maioria dos pacientes que ingerem uma quantidade excessiva de ibuprofeno
tem enjoo, vômitos, dor de estômago e mais raramente diarreia. Nos casos mais
graves, pode haver comprometimento da função do sistema nervoso, com tontura,
sonolência, às vezes excitação, confusão, desorientação e coma.
Se possível promover esvaziamento do estômago, induzindo o vômito ou com
lavagem gástrica.
O tratamento deve ser sintomático e de suporte.
Não há um antídoto específico.Abcd
Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure
rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento,
se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

 

MS 1.0367.0159
Farm. Resp.: Dímitra Apostolopoulou
CRF-SP 08828
Importado e embalado por:
Boehringer Ingelheim do Brasil Quim. e Farm. Ltda.
Rod. Régis Bittencourt, km 286
Itapecerica da Serra – SP
CNPJ 60.831.658/0021-10
Indústria Brasileira
SAC 0800-7016633
Fabricado por:
Catalent Argentina SAIC
Buenos Aires – Argentina
Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas procure
orientação médica.
Esta bula foi aprovada pela ANVISA em 24/11/2010.
C11-01